Blog hivecloud

Gestão logística: qual é a importância para sua transportadora?

Índice

Quem trabalha com entrega de mercadorias, sabe o quanto uma boa gestão logística faz a diferença para o sucesso das operações.

Isso porque, além da própria transportadora, empresas contratantes, indústrias, parceiros e consumidores finais são atingidos com o processo, por isso é importante monitorar a qualidade do serviço.

Na prática, o gerenciamento da cadeia logística é a área responsável pela administração dos recursos de uma empresa.

Tanto o armazenamento de produtos em um estoque quanto galpão industrial fazem parte desse setor, ou seja, é um braço que cuida dos principais investimentos do seu negócio.

Na maioria das vezes, os produtos são transportados em uma longa distância e não é à toa que existem cuidados específicos para as transportadoras. 

Além do caminhão ou veículo ter a obrigatoriedade de estar com a documentação em dia e cumprir as leis de trânsito, é importante que a transportadora tenha condições adequadas para fazer a viagem dos produtos.

Alimentos e produtos perecíveis, por exemplo, apresentam exigências que devem ser levadas à risca como temperatura adequada, refrigeração e higienização do espaço. O mesmo vale para outras mercadorias. 

Afinal, o que se espera de um serviço de transporte e movimentação de cargas e como o seu negócio se diferencia na oferta de produtos?

Neste artigo vamos pontuar a importância de fazer um trabalho de gestão na logística das empresas da área de transporte de cargas!

Controle de recursos materiais e financeiros

Mercadoria envolve investimento, tanto por parte dos fornecedores quanto para quem compra. Imagine que você tem um e-commerce de móveis de fibra sintética SP e faz campanha que dá resultados e eleva o número das vendas em 30%.

De alguma forma, as vendas precisam ser computadas, o lucro analisado e é provável que haja uma taxa de frete para que a encomenda chegue segura e intacta até o comprador. Para cumprir essa missão, estruturar a gestão logística tem sua importância, pois você terá processos definidos na qualidade da entrega, o que é essencial.

Ao investir na frota, você não está suprindo só a parte prática do transporte. Isso é exercer um controle adequado de recursos materiais e financeiros da sua empresa. 

Caso não haja esse cuidado, imagine o prejuízo se houver algum acidente na estrada ou alguma mercadoria extraviar.

Especialmente no caso dos móveis de fibra, algumas peças podem ser mais frágeis, portanto, ter as condições adequadas para a logística nesta operação é conservar a qualidade do produto. 

Até porque, ninguém gosta de comprar na internet, pagar o frete e receber o produto com um defeito, por menor que seja.

Além do mobiliário, outros produtos relacionados à casa e construção, como esquadrias de alumínio preço, precisam estar bem embalados para garantir que seus recursos estão também seguros.  

Está com dúvidas em como controlar os recursos financeiros e materiais, da sua transportadora, na prática? Separamos uma lista com dicas para realizar essa missão:
  • Invista em softwares de gestão para controlar o estoque;
  • Tenha seguro viagem e mantenha o seguro do veículo em dia;
  • Embale o tipo de mercadoria, conforme as especificidades;
  • Organize o fluxo de viagens, conforme entregas na mesma região;
  • Tenha rotas estratégicas para as entregas;
  • Certifique-se de prezar pela saúde ocupacional dos motoristas.

Cada segmento pode ter suas particularidades, mas em um cenário geral, pensar na importância da gestão logística é ter uma visão completa sobre o processo de transporte, armazenamento e gestão de pessoas é algo que otimiza o fluxo de atividades e torna a distribuição dos recursos muito mais eficiente.

Organização é a base para uma gestão logística eficaz

O trabalho operacional que envolve os setores de logística é muito intenso. Digamos que na rotina de uma distribuidora de ferro e aço multinacional, por exemplo, a empresa tenha responsabilidades como entregas de fretes pelo Brasil inteiro.

Além disso, há exigências de certificação de qualidade por parte de fabricantes, atendimento qualificado a nível técnico, pós-vendas e, claro, o armazenamento das estruturas de ferro, tubos industriais e outros produtos.

Não há como ter excelência em todo esse processo sem organização. Afinal, essa característica é a base para a eficácia dos processos logísticos. 

Seja por meio de aplicativos ou um sistema de gestão integrado, saiba que ter o controle das informações, documentos, notas fiscais e histórico de encomendas é fundamental para garantir uma rotina de sucesso.

Nesse contexto, é possível imaginar a situação em que uma indústria solicita a encomenda de uma caixa de chapa expandida com 300 peças e efetua o pagamento de uma taxa extra, para entrega urgente. 

Acontece que outra empresa também faz um pedido semelhante e, no caso de uma distribuidora nacional, não é difícil ter muita demanda de fretes. Se a fábrica não tiver uma boa organização de gestão logística, essa situação poderia trazer problemas.

Falta de organização é perda de dinheiro e investimento. Portanto, dê adeus às pilhas de papéis em cima da mesa, atualize sistemas, exclua informações duplicadas e, se possível, conte com soluções tecnológicas para acelerar a produtividade no cotidiano.

Gestão de equipe é importante

Na rotina do departamento de logística, telefones tocam, superiores querem saber se a carga foi descarregada, clientes rastreiam mercadorias e ligam para tirar dúvidas, ocorre ainda a emissão de notas fiscais e trabalhos administrativos sempre estão a todo vapor.

Isso sem contar a necessidade de um gerenciamento logístico de qualidade no armazenamento das mercadorias ou na embalagem mais adequada conforme o produto. 

Em uma situação na qual o cliente solicita um material de construção e a transportadora se responsabiliza pela entrega de um alto volume de telhas galvalume, é papel da equipe de logística garantir que as telhas cheguem ao seu destino sem nenhum arranhão.

Para dar conta de tantos desafios, em um ambiente que é caracterizado por um trabalho de alta pressão, com prazos estruturados e processos burocráticos, a equipe precisa estar engajada com suas atribuições.

As condições de trabalho não colocam pressão somente nas equipes internas, mas também nos caminhoneiros que estão na estrada e precisam fazer as entregas no prazo. Por isso, além da gestão dos processos, o trabalho de gestão de pessoas também deve ser uma prioridade da empresa. 

Algumas dicas podem ajudar sua empresa neste contexto. São elas:

  • Elaboração de programas que reforçam a segurança e saúde no trabalho;
  • Reuniões com colaboradores para feedbacks e reorganização;
  • Suporte para a saúde ocupacional dos trabalhadores;
  • Plano de carreira e benefícios compatíveis com a função.

Lembre-se que transportar telhas e atender clientes específicos como uma fábrica de esquadrias de alumínio, envolve cuidado, atenção a detalhes e capacidade de lidar com burocracias. 

Por trás de todo esse trabalho há pessoas e quando a sua empresa cuida do bem-estar delas, o retorno é uma equipe mais ativa, engajada e motivada para desempenhar suas atividades no setor logístico e na área de transporte de cargas.

A Gestão Logística é o coração do negócio

A logística é parte do coração do negócio. Tão importante quanto o produto ou serviço prestado é a qualidade dos processos logísticos que leva os produtos até seus respectivos consumidores.

Se a sua empresa tem um departamento que cuida dessa área, fica mais simples monitorar os resultados e a organização internamente. 

No entanto, terceirizar parte das atividades, como a entrega das mercadorias, é uma tendência e transportadoras de credibilidade dão conta do recado.

Não importa se a mercadoria é específica, como os acessórios de ferramentaria e usinagem para diferentes nichos da indústria, ou envolve produtos alimentícios. 

O importante é ter organização, gestão de tempo e garantir que o processo seja positivo em todas as etapas.

Os profissionais de logística são responsáveis por orçamentos, pela pesquisa de tributação em diferentes estados, pelas alternativas mais viáveis na hora de transportar determinado produto para uma certa localidade, entre outras funções.

O trabalho é de fato bastante minucioso, portanto, não é à toa que esse é um setor vital para a saúde empresarial do seu negócio . Do mesmo modo, como uma forma de otimizar tais rotinas, o uso de softwares é recomendado.

Com isso, você não precisa fazer balanços contábeis, relatórios de vendas, gastos, lucros e garantir a responsabilidade diante do cliente em relação à sua entrega.

Esse é o departamento certo para organizar todos esses processos e pode impactar em outros setores da empresa. Portanto, é inegável a importância da gestão logística, pois ela interfere na proposta da empresa.

Concluindo

No ramo das transportadoras existe uma ampla concorrência e o diferencial das empresas certamente está na responsabilidade, credibilidade, cumprimento da legislação, organização e eficiência na hora da entrega. 

Os desafios surgem, mas é importante que esse setor saiba identificar os gargalos na produção, com o objetivo de resolvê-los.

Uma transportadora com processos definidos e organizados pode ser muito mais competitiva no mercado e, hoje, a maior parte dos fretes é feito dessa forma. 

E aí, valeu a pena entender a importância da gestão logística para rever seus processos com cuidado? É só parar para pensar o que seria o comércio sem essa ferramenta. Supermercados não teriam abastecimento, a gasolina não estaria disponível e a economia do país viraria um caos. Aproveite as dicas!

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

E para conhecer tudo sobre software de gestão logística, entender mais sobre o assunto e escolher o sistema certo para a sua transportadora, clique aqui.

Conteúdo relacionado