Gestão de Transporte

Entenda por que os resultados da sua transportadora não importam!

4 minutos de leitura
Entenda por que os resultados da sua transportadora não importam!
Hivecloud
Escrito por:
Atualizado em 10 de dezembro de 2021

Índice

    Foi-se o tempo em que era preciso investir grandes quantidades de tempo, pessoas e dinheiro na gestão de uma transportadora. Nos dias de hoje, os revolucionários sistemas de gestão permitem que estes recursos extremamente valiosos possam ser aplicados em áreas mais estratégicas da companhia, além de darem aos gestores informações confiáveis para o controle adequado do negócio. E para tomar decisões mais assertivas que contribuam para o crescimento da empresa, os responsáveis costumam acompanhar de perto todos os resultados do desempenho de suas atividades e processos, realizando uma gestão de qualidade direcionada e adaptada as realidades da empresa.

    O grande problema é que, por não agirem em conjunto com os processos de qualidade, os sistemas acabam indicando resultados semelhantes aos de antes, não contribuindo assim para a melhoria do desempenho estratégico da organização no mercado. Por isso, se você faz parte do grupo dos que têm conhecimento dos resultados da empresa, mas não consegue melhorá-los, chegou a hora de saber mais a respeito dos processos de melhoria contínua e sobre como eles podem ajudar a sua transportadora. Acompanhe:

    Os desafios atuais da gestão de processos

    As mudanças na economia, bem como o aumento da competitividade entre as transportadoras, promoveram alterações significativas no mercado atual. Agora, para se destacarem entre as demais e alcançarem resultados significativos, seus gestores precisam seguir os “mandamentos” que guiam o negócio para o sucesso, como o acompanhamento das atividades desempenhadas em cada processo da cadeia logística. Neste cenário, contar com um sistema de gestão é fundamental, pois ele fornece informações valiosas que podem ser usadas para solucionar problemas e aumentar o desempenho da transportadora.

    Mas, na ânsia de obter resultados rápidos, muitos gestores implantam seus sistemas empresariais e acabam deixando de lado os processos de melhoria contínua, que são essenciais para a geração de melhorias. Neste contexto, cabe inserir a famosa citação de Rita Mae Brown, no livro Sudden Death, de 1983: “insanidade é fazer a mesma coisa repetidamente e esperar resultados diferentes”. No contexto de uma companhia de transportes, isso significa que não adianta o empresário investir em um sistema sem implementar processos de qualidade, pois os resultados indicados por ele se manterão os mesmos do período anterior ao investimento, e não diferentes.

    Os processos de melhoria contínua

    Como visto, para que uma transportadora desfrute de todas as vantagens proporcionadas por um sistema de gestão – maior eficiência, redução de custos e menos reclamações de clientes -, será necessário mantê-lo funcionando junto com os processos de melhoria contínua. Estes se referem a um procedimento cíclico de análise e implementação de ações para melhorar os resultados da transportadora, sendo incorporadas por todos os envolvidos no processo logístico.

    Hoje, existem muitas metodologias que podem ser utilizadas para promover a melhoria contínua, baseadas, na sua grande maioria, em quatro etapas fundamentais: planejar, fazer, controlar e agir. Com base nas informações levantadas para o desenvolvimento destes quatro pontos, torna-se possível elaborar um plano de execução das atividades diárias e fazer com que os funcionários trabalhem com o raciocínio voltado para os processos de melhoria contínua.

    As ferramentas e resultados agindo em conjunto

    Para as transportadoras que ainda não possuem a melhoria contínua em seu “DNA”, mas desejam torna-la uma rotina de trabalho, o primeiro passo, junto com o planejamento, é o entendimento do que pode ser melhorado. Para isso, os responsáveis pela empresa devem se reunir para criar estratégias de negócios. Seguindo uma etapa de cada vez e criando uma política bem definida, é possível dar origem a uma cultura de qualidade que evite erros nos serviços logísticos e aumente a performance dos colaboradores. Além disso, ao alinhar os sistemas de gestão com as ferramentas de melhoria contínua, os gestores conseguem obter resultados reais, que refletem o andamento do negócio.

    Conclusão

    A melhoria contínua é uma necessidade que se apresenta cada dia mais urgente nas transportadoras, uma vez que todos serviços logísticos bem executados trazem como consequência um maior retorno financeiro, credibilidade e competitividade. No entanto, o que se vê atualmente é que muitos gestores se preocupam em ter sistemas de gestão para saber os resultados da companhia mas não implantam processos de qualidade para melhoria contínua, o que impacta diretamente nos esforços investidos e nos resultados, que acabam se mostrando muito aquém do esperado.

    Portanto, saber os resultados da empresa é muito importante, desde que você tenha um processo de gestão de qualidade com foco em melhoria contínua. Caso contrário, terá acesso, mês a mês, a resultados que nunca irão melhorar. À medida que você promove o alinhamento entre os sistemas de gestão com as ferramentas de melhoria contínua, verifica-se uma considerável redução no número de falhas, além de melhorias no desempenho e atingimento das metas estipuladas que impulsionam os negócios para um crescimento sustentável e lucrativo.

    Agora que você já entendeu o porquê de os resultados da sua transportadora não importam, comente se já alinha os sistemas de gestão com os processos de melhoria contínua ou se nunca havia dado atenção para isso na sua empresa!