Blog hivecloud

3PL: entenda o conceito e como você pode aplicar na logística da sua empresa

3PL: entenda o conceito e como você pode aplicar na logística da sua empresa

Autor(a):

(atualizado em 13 de novembro de 2020, às 4:56 pm)

Índice

As grandes empresas possuem setores específicos que precisam ser administrados com a devida atenção para não comprometer a entrega dos produtos, sendo a logística um deles. Por isso, o modelo logístico 3PL é usado no mundo todo pelos diversos benefícios que ele oferece à empresa que se preocupa com a estrutura logística do seu negócio. 

Você já ouviu falar do processo 3PL? Entende como funciona ou sabe quais modelos de negócio podem utilizá-lo? Continue lendo este post para tirar todas as suas dúvidas!

O que é 3PL na cadeia logística

Talvez o termo 3PL possa parecer novo, mas se você tem uma empresa onde o transporte da sua mercadoria é terceirizado ou se você trabalha com logística, já viu na prática o seu significado.

Como mencionamos na introdução, 3PL é uma sigla para Third-party Logistics, que em português quer dizer “terceira parte logística”, a qual se refere à terceirização de processos logísticos.

Logo, o 3PL trata-se de um dos cinco níveis de operação logística conhecidos atualmente: 1PL, 2PL, 3PL, 4PL e 5PL. Nesses níveis, com exceção do primeiro, existem os provedores logísticos (empresas terceirizadas) contratados pela empresa que são responsáveis por demandas operacionais.

Níveis do processo logístico 

Cada nível de PL indica o modelo de operação logística determinado por uma empresa e o quanto fica sob a responsabilidade dos provedores logísticos ou, trazendo para o contexto desse conteúdo, das transportadoras de cargas. Entenda abaixo.

1PL (Logística Primária): uma empresa transporta sua própria mercadoria para determinado local. Aqui, ela não faz uso de terceiros no transporte e na distribuição.

2PL (Logística Secundária): ao mesmo tempo que a empresa transporta sua carga própria, ela também contrata um provedor logístico para realizar seus transportes.

3PL (Logística de Terceiros): nesse modelo que é o foco principal desse conteúdo, as operações de transporte e logística são terceirizadas e a empresa contratante é responsável apenas pelo gerenciamento das transportadoras.

4PL (Logística de Quarta Parte): nesse nível, o provedor logístico tem mais autonomia. Além de ficar responsável pelo transporte da mercadoria, ele também pode fazer a compra de novos produtos para armazenar, organizar e distribuir.

5PL (Logística de Quinta Parte): aqui, no último nível, o provedor logístico vai além do transporte. Ele oferece soluções inovadoras para a logística da empresa e constrói uma cadeia de suprimentos voltada para sua necessidade.

De forma resumida, o 3PL trata-se de um modelo logístico onde uma empresa terceirizada fica responsável por cuidar das operações logísticas da empresa contratante, isto é, do embarcador de carga.

Quem pode utilizar o 3PL

Fazer uso do modelo 3PL é ideal para cenários onde a empresa produz em grande escala e trabalha com armazenamento para distribuição.

São organizações que precisam de uma estrutura logística muito bem organizada para que todos os processos sejam otimizados.

São empresas como: indústria, atacadista, distribuidor, e-commerce e varejo.

Vantagens do 3PL na logística

Reduzir os custos com transporte da mercadoria é uma grande vantagem quando se pensa em inserir o modelo 3PL na sua empresa, uma vez que não será preciso manter financeiramente um setor logístico dentro da organização. 

Você fica livre de diversas despesas como, por exemplo: salários dos funcionários, aluguel de galpões, combustível, manutenção dos veículos, taxas de frete e softwares para gestão de transporte.

Logo, todo serviço de transporte vai ser feito por uma empresa terceirizada que é especialista nessa etapa, de modo que ela vai oferecer todo aparato para suas mercadorias de acordo com o que é necessitado.

Com tudo isso, sua empresa pode se dedicar melhor a outros setores, inclusive à linha de produção, ficando toda a parte de transporte e distribuição sob a responsabilidade do provedor logístico que você contratou.

Também é possível destacar a satisfação do cliente ao receber seu produto em boas condições e ainda mais rápido por meio do transporte realizado pela transportadora. Isso não só satisfaz o consumidor como também passa mais credibilidade e melhora a imagem da sua marca.

Infográfico custos do transporte de carga

Desafios do processo 3PL

Como vimos, escolher o modelo logístico 3PL pode ser uma ótima estratégia para a empresa que quer dedicar seu esforço na linha de produção e confiar o setor logístico em uma terceirizada especialista no transporte de mercadorias.

Mas, como ter o controle das suas mercadorias após o embarque feito pela transportadora e fazer o gerenciamento de documentos fiscais de transporte quando toda operação logística encontra-se nas mãos de terceiros?

Para isso, existem softwares de gestão de fretes com funções voltadas para quem adota o 3PL em sua estrutura logística.

Ferramenta para ajudar no gerenciamento logístico

É o caso dos sistemas para gestão de entrega, como o Hivecloud 3PL, capaz de reunir todas as informações referentes à mercadoria que está sendo transportada por terceiros.

A plataforma possibilita agrupar as transportadoras contratadas e dá uma visão completa de todas elas, assim como permite o monitoramento das entregas em tempo real e faz o gerenciamento dos documentos fiscais de transporte.

Com os dados das mercadorias e dos terceirizados centralizados em um único sistema, fica mais fácil ter o controle de frete e gerenciar cada etapa logística.

Além de tudo isso, é possível analisar o desempenho das transportadoras por meio de relatórios personalizados e fazer auditorias de frete para reduzir até 11% dos custos com transporte terceirizado.

Cadastre-se agora para falar com um consultor especialista em 3PL e saiba mais como esse sistema pode ser aplicado na sua empresa.

gestão de entrega 3PL

Conteúdo relacionado