Gestão de Transporte

Qual o principal motivo para a substituição de uma transportadora de cargas?

3 minutos de leitura
Qual o principal motivo para a substituição de uma transportadora de cargas?
Hivecloud
Escrito por:
Atualizado em 25 de janeiro de 2021

Índice

    A logística brasileira movimenta cerca de R$ 192 bilhões por ano, ou 11,7% do PIB nacional. Desse total, 63% são direcionados aos prestadores de serviço logístico, segundo o Panorama Terceirização Logística no Brasil, realizado pelo ILOS. Com a alta oferta de prestadores de serviço logísticos, você sabe o que interfere na substituição de uma transportadora de cargas ou em sua permanência?

    Substituição X Satisfação

    Segundo dados divulgados no Panorama Terceirização Logística no Brasil, o número de empresas que já realizaram a substituição de uma transportadora de cargas é alto: 78%. Apesar disso, os números também revelam que a taxa de satisfação e fidelidade com os operadores logísticos é bastante otimista, chegando a 85% do total.

    Isso significa que encontrar um operador logístico capaz de satisfazer as necessidades da empresa contratante é uma prioridade para a gestão de negócios que utilizam os serviços de transporte de cargas. A boa notícia é que o Panorama identificou exatamente o que os gerentes e diretores de logística das maiores empresas do Brasil em faturamento apontam como os principais fatores para desistir de um prestador de serviço e trocar de transportadora. Entender suas necessidades é o primeiro passo para saber como oferecer o melhor serviço. Confira!

    Motivos para Substituição de uma Transportadora de Cargas

    De acordo com os 100 profissionais de logística ouvidos na pesquisa, a má qualidade dos serviços é o principal motivo para a substituição de um prestador de serviço logístico (90% do total). Dessa forma, temos que o preço é um fator determinante para a escolha de um prestador de serviços, mas a qualidade é o mais importante para manter a contratação. A reclamação relacionada aos custos/preço alto existe para 51% dos entrevistados, aparecendo atrás do problema relacionado à “baixa capacidade de propor novas soluções logísticas” dos operadores logísticos (56%).

    Além dos três fatores principais, também foram apontadas reclamações relacionadas à baixa disponibilidade de ativos do prestador de serviço (47%), ao operador ser pouco flexível a mudanças (47%), à pouca capacitação tecnológica dos operadores (44%), à fragilidade financeira do transportador (37%), a problemas de segurança (30%), à dificuldade de relacionamento (29%) e a problemas éticos (27%), por ordem de citações.

    Má Qualidade para Contratantes e Contratados

    Como vimos, a reclamação relacionada à má qualidade dos serviços aparece muito à frente da segunda colocada, além de ser preocupante sua taxa de recorrência: 90% do total de gerentes e diretores de empresas embarcadoras encontraram esse problema. Por isso, investir em melhorias para uma melhor prestação de serviços logísticos mostra-se urgente para as transportadoras que desejam reter clientes e se estabelecerem no mercado.

    Por outro lado, alguns transportadores reclamam da escassez de informação que recebem durante um BID. Como consequência, acabam se comprometendo a oferecerem serviços sem saberem, exatamente, como será necessário executá-lo.

    Uma implicação deste cenário tem sido o surgimento de contratos cada vez mais específicos, que incluem indicadores de desempenho previamente estabelecidos. Caso a transportadora não atinja o desempenho desejado, o contrato é desfeito sem ônus ao contratante.

    Estratégia de Sobrevivência

    O mercado de operações logísticas está cada vez mais exigente e o transportador que deseja continuar no ramo precisará se adequar às demandas dos embarcadores. Algumas ações para melhorar a qualidade de seu serviço podem se relacionar à melhoria na velocidade da entrega; nos padrões de qualidade, quantidade, dimensões e condições da carga entregue; na adequação das documentações e rótulos; ou também no cálculo do frete, taxas, tributos e despesas da empresa.

    Você já sabe o que seus embarcadores realmente querem? Nós produzimos um material especial sobre as ações mais efetivas para aumentar sua lucratividade através da satisfação de seu embarcador. Clique aqui para garantir seu Infográfico Segredos da Fidelização. Com ele, você aprenderá os passos mais eficazes para conquistar a confiança de seu embarcador e elevar sua lucratividade em até 95%!

    Pressão por Qualidade

    O que você acha da maior pressão por qualidade vinda das empresas contratantes de serviços logísticos? Sua transportadora está investindo nas melhorias requeridas pela maioria delas? Deixe seu recado aqui abaixo nos contando sua opinião!

    Índice

      Artigos relacionados

      Ter uma frota própria ou contratar autônomos?
      Gestão de Transporte

      Ter uma frota própria ou contratar autônomos?

      Ler conteúdo
      Por que informação de entrega em tempo real é essencial para embarcadores?
      Gestão de Transporte

      Por que informação de entrega em tempo real é essencial para embarcadores?

      Ler conteúdo
      4 dicas para análise de uma operação de transporte de cargas
      Gestão de Transporte

      4 dicas para análise de uma operação de transporte de cargas

      Ler conteúdo
      Qual certificado digital devo utilizar para a emitir documentos fiscais?
      Gestão de Transporte

      Qual certificado digital devo utilizar para a emitir documentos fiscais?

      Ler conteúdo