inscrição estadual

Quais empresas têm direito à isenção de inscrição estadual?

5 minutos de leitura
Quais empresas têm direito à isenção de inscrição estadual?
Hivecloud
Escrito por:
Atualizado em 26 de abril de 2023

A inscrição estadual é uma obrigação fiscal para empresas que realizam atividades de comércio, indústria, transporte e prestação de serviços que envolvam circulação de mercadorias.

Porém, algumas empresas podem ser isentas dessa obrigatoriedade, dependendo da atividade exercida e do estado em que estão localizadas.

É importante que as empresas estejam cientes das regras de isenção de inscrição estadual para evitar problemas com o Fisco e garantir a legalidade de suas operações comerciais.

Ao entender melhor as regras de isenção de inscrição estadual, as empresas podem economizar tempo e recursos ao evitar burocracias desnecessárias e cumprir as obrigações fiscais.

Se você deseja saber mais sobre esse assunto, continue neste post!

     O que é isenção de inscrição estadual?

    A isenção de inscrição estadual é um benefício concedido a determinadas pessoas ou empresas que as isenta de pagar a taxa de inscrição no Cadastro de Contribuintes do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) do estado.

    Essa isenção pode ser concedida de diversas formas, como por exemplo:

    • Microempreendedores Individuais (MEI): as empresas enquadradas como MEI estão isentas da inscrição estadual, desde que não comercializem produtos sujeitos à cobrança do ICMS;
    • Entidades sem fins lucrativos: organizações sem fins lucrativos, como associações, fundações e instituições de caridade, podem ser isentas da inscrição estadual mediante comprovação de sua finalidade e atividades.
    • Produtor rural: o produtor rural que não realiza atividades de comércio pode ser isento da inscrição estadual.
    • Microempresas (ME) e Empresas de Pequeno Porte (EPP): as empresas enquadradas como ME ou EPP podem ser isentas da inscrição estadual dependendo do estado e do ramo de atividade.

    A isenção de inscrição estadual é importante porque, além de representar uma economia para as empresas e pessoas beneficiadas, simplifica o processo de regularização junto ao fisco estadual.

    No entanto, é importante ressaltar que a isenção não significa que a empresa ou pessoa está isenta de outras obrigações fiscais, como a emissão de notas fiscais e o recolhimento de impostos devidos.

    Quem pode ser isento de inscrição estadual?

    A inscrição estadual é uma obrigação fiscal para empresas que realizam atividades de comércio, indústria, transporte e prestação de serviços que envolvam circulação de mercadorias. No entanto, algumas empresas e empreendedores individuais podem ser isentos dessa inscrição.

    MEIs

    Os Microempreendedores Individuais (MEIs), que é um regime tributário simplificado para pequenos empresários. Os MEIs não precisam se inscrever na Junta Comercial ou na Receita Federal para obter um CNPJ, mas devem se cadastrar na Secretaria da Fazenda do seu estado para obter a inscrição estadual. Porém, em alguns estados, os MEIs são isentos da inscrição estadual.

    Prestadores de serviço

    Já os prestadores de serviços também podem ser isentos da inscrição estadual. Desde que a prestação de serviços não envolva a circulação de mercadorias sujeitas à tributação estadual. Em alguns estados, é possível realizar a inscrição apenas para prestação de serviços, sem a necessidade de se inscrever como empresa.

    Como saber se a empresa é isenta de inscrição estadual?

    Para saber se uma empresa é isenta de inscrição estadual, é preciso verificar a legislação do estado onde a empresa está localizada. Cada estado tem suas próprias regras e critérios para isenção da inscrição estadual. Afinal, é importante consultar a SEFAZ – Secretaria da Fazenda do Estado para obter informações específicas.

    Porém, há a possibilidade de saber através do site do Sintegra, ao acessar, basta clicar no Estado onde a empresa está localizada e escolher o tipo de identificador, neste caso o CNPJ. Se por algum motivo não aparecer no site, existem duas interpretações:

    1. A empresa é isenta;
    2. Muito provavelmente não é contribuinte. 

    Empresas isentas de inscrição estadual podem emitir CTe e MDFe?

    Sim, empresas isentas de inscrição estadual podem emitir o Conhecimento de Transporte Eletrônico (CTe) e o Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais (MDFe), desde que estejam regularmente cadastradas na Secretaria da Fazenda do estado e cumpram outras obrigações fiscais.

    A emissão do CTe e MDFe é obrigatória para empresas que realizam transporte de cargas, independentemente da obrigatoriedade de inscrição estadual. Portanto, mesmo que a empresa seja isenta de inscrição estadual, ainda assim deverá emitir esses documentos fiscais.

    Vale lembrar que a isenção de inscrição estadual não significa que a empresa esteja livre de outras obrigações fiscais. É importante que a empresa verifique a legislação do estado e cumpra todas as exigências tributárias, como o recolhimento de impostos e a emissão de notas fiscais.

    Qual é a importância da inscrição estadual?

    A inscrição estadual é uma obrigação fiscal para empresas que realizam atividades de comércio, indústria, transporte e prestação de serviços que envolvam circulação de mercadorias. É por meio da inscrição estadual que a empresa é identificada pelo governo estadual e fica habilitada a realizar transações comerciais dentro do estado.

    A IE (Inscrição Estadual) é importante pois permite que a empresa esteja em conformidade com a legislação tributária e possa recolher os impostos devidos sobre suas atividades.

    Além disso, é por meio da inscrição estadual que a empresa pode emitir notas fiscais eletrônicas, documentos fiscais importantes para o controle das transações comerciais e para o recolhimento dos impostos.

    Sem a inscrição estadual, a empresa fica sujeita a multas e outras penalidades, além de não poder realizar transações comerciais regularmente dentro do estado. Portanto, é fundamental que as empresas estejam em dia com suas obrigações fiscais e tenham a inscrição estadual regularizada para evitar problemas com o Fisco e garantir a continuidade de suas atividades comerciais.

    Regularize-se e emita documentos fiscais de transporte! 

    A regularização fiscal é essencial para empresas que realizam transporte de cargas e necessitam emitir documentos fiscais como o Conhecimento de Transporte Eletrônico (CTe) e o Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais (MDFe). Sem a regularização, a empresa fica impossibilitada de emitir esses documentos e, consequentemente, não pode realizar transportes de cargas de forma legal.

    Para emitir os documentos fiscais de transporte com toda praticidade e segurança, você pode contar com os sistemas emissores de CTe e MDFe da Hivecloud. 

    Faça sua primeira emissão de CTe grátis

    Experimente agora o emissor de CTe mais rápido do mercado!

    Faça sua primeira emissão de CTe grátis
    *Ao inscrever-se, você aceita nossos Termos de Uso.