Gestão de Transporte

Picking: o que é e porque oferecer esse serviço ao seu cliente?

4 minutos de leitura
Picking: o que é e porque oferecer esse serviço ao seu cliente?
Hivecloud
Escrito por:
Atualizado em 25 de janeiro de 2021

Índice

    Também conhecido como order picking, ou simplesmente picking, é a operação de coleta e armazenagem de produtos a pedido do cliente. Ao optar por oferecer o serviço de picking, é preciso que os gestores da empresa tenham em mente que essa atividade tem um custo adicional de cerca de 30% a 40% (a depender do tipo de armazenagem) devido a mão-de-obra do armazém. O uso de um sistema de controle integrado que tenha suporte ao serviço desse procedimento é ideal para manter a operação com qualidade e eficiência.

    Como organizar uma área de picking eficiente?

    A principal prioridade para uma boa área de picking é o posicionamento dos produtos armazenados. Os produtos com um maior giro devem ser privilegiados, se possível, utilizando esteiras. Já os de pequeno e médio giro, podem ser armazenados em racks com níveis. Outra medida para tornar uma área mais eficiente é separar um local apenas para produtos menores, para evitar que estes sejam escondidos em esteiras ou racks por outros maiores.

    >Conheça os principais softwares utilizados na gestão logística

    Além da organização do espaço físico, para que o seu serviço de picking seja eficaz, é preciso dar atenção a documentação necessária na operação. O colaborador responsável deve ter em mãos um documento que contenha as informações necessárias para realizar a operação com agilidade e com o menor risco de erros possível. Se o desejo é diminuir ainda mais o tempo da operação, um sistema de gestão inteligente pode ser utilizado, reduzindo para segundos o tempo de procura de um determinado produto.

    Tipos de picking

    A atividade de picking é organizada em 4 diferentes operações, embora é comum observar a fusão de características de uma ou mais dessas estratégias nas operações. Para definir qual ou quais operações utilizar, é preciso levar em consideração alguns fatores, como a quantidade de operadores por pedido, a quantidade de produtos coletados por pedido e o período de agendamento dos produtos. Levando em consideração esses fatores, as 4 operações “padrão” são:

    1.Picking discreto
    Nessa modalidade, apenas um operador inicia e finaliza a operação. A vantagem do picking discreto é a redução da margem de erros, por existir apenas um documento para cada produto. Apesar dessa vantagem, essa modalidade é a menos produtiva de todas, pois aumenta o tempo de deslocação do operador.
    2. Picking por zona
    Como o nome sugere, nesta modalidade a área de picking é dividida em zonas e cada zona está sob a responsabilidade de um operador. Ao realizar um pedido de vários produtos em diferentes zonas, cada operador coleta apenas os que estão na sua zona, levando-os a uma área comum. Essa modalidade reduz o tempo de deslocamento dos colaboradores, porém, existe uma dificuldade na divisão dos equipamentos de apoio, que pode diminuir a produtividade de uma zona.
    3. Picking por lote
    Sendo a modalidade mais produtiva, esta modalidade implica na acumulação de pedidos e, a cada deslocamento do operador, é coletada a quantidade suficiente de produtos para atender todos os pedidos atuais. O número de produtos a serem coletados deve estar de acordo com a capacidade física do colaborador, além disso, o índice de erro no picking por lote tende a ser maior.
    4. Picking por onda
    Essa estratégia é bastante similar ao picking discreto, a diferença fica por conta do número de agendamentos de pedidos por turno, que é maior no picking por onda. Os produtos são recolhidos em períodos de tempo ao longo do dia, trazendo vantagens como a concordância do picking com a retirada de produtos e a sua possibilidade de fundir-se a outros métodos da lista. Nessa modalidade também é fundamental o equilíbrio de equipamentos de suporte, afim de evitar o sobrecarregamento de operadores.

    Porque oferecer esse serviço aos meus clientes?

    Empresas e consumidores finais, cada vez mais, apresentam comportamentos que favorecem esta atividade. A maior exigência dos consumidores em relação ao prazo de entrega dos produtos, o aumento do número de pedidos, a filosofia de concentração em grandes armazéns das empresas e outros fatores fazem o investimento em picking e sua constante melhoria uma forte tendência entre as empresas do setor.

    Vale ressaltar que os consumidores estão cada vez mais exigentes, portanto, a implementação e manutenção de uma boa estrutura para a prática desta estretégia é fundamental para o sucesso do seu negócio. Já imaginou descobrir todos os segredos para a fidelização de seus clientes? Esse é o objetivo de muitas empresas, mas poucas realmente conseguiram construir uma relação favorável com seus clientes. É pensando em ajudá-lo que nós preparamos um outro conteúdo com tudo que você precisa saber para fidelizar os clientes de sua transportadora em nosso infográfico completamente gratuito.

    Índice

      Artigos relacionados

      Excelência operacional ou serviços logísticos integrados: Quais as diferença entre os posicionamentos estratégico?
      Gestão de Transporte

      Excelência operacional ou serviços logísticos integrados: Quais as diferença entre os posicionamentos estratégico?

      Ler conteúdo
      Tecnologias no Transporte de Cargas: Sistemas de Gestão de Frotas
      Gestão de Transporte

      Tecnologias no Transporte de Cargas: Sistemas de Gestão de Frotas

      Ler conteúdo
      Como tornar o transporte de carga mais competitivo?
      Gestão de Transporte

      Como tornar o transporte de carga mais competitivo?

      Ler conteúdo
      EDI: use para vender mais frete em sua transportadora
      Gestão de Transporte

      EDI: use para vender mais frete em sua transportadora

      Ler conteúdo