Quais estados exigem o MDFe intermunicipal?

Desde o Ajuste SINIEF 03/2017, os estados brasileiros ficaram livres para estabelecer se exigem ou não o Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais em operações de transporte internas (intermunicipais). Entenda como vai funcionar essa nova regra de utilização do MDFe!

 

O que diz a nova lei sobre o MDFe?

O Conselho Nacional de Política Fazendária (CONFAZ) estabeleceu o ajuste à lei que define a utilização do MDFe, incluindo as operações intermunicipais. Com isso, ficou estalecido que poderá ser exigido dos contribuintes a utilização de MDF nas operações ou prestações internas aos estados, a critério da unidade federada.

Dessa forma, cada estado brasileiro ficou livre para estabelecer a obrigatoriedade ou não do MDFe no transporte dentro dos limites estaduais. Além disso, cada UF define as datas de início para a exigência do MDFe intermunicipal. Por isso, é importante ficar atento se o estado em que você opera já se posicionou sobre a obrigatoriedade e assim evitar multas.

 

Quais estados já exigem o MDFe internamente?

Desde a publicação do Ajuste, diversos estados brasileiros já emitiram seus decretos sobre a obrigatoriedade do MDFe no transporte intermunicipal. Até a data de publicação desta matéria, os seguintes estados já possuíam legislação sobre o assunto:

– Ceará (Decreto 32.543/2018);
– Goiás (decreto 9.095/2017, Art. 8º);
– Maranhão (Resolução 09/2015);
– Mato Grosso do Sul (Decreto 14.823/2017);
– Minas Gerais (Decreto Nº 46.612/2014);
– Paraíba (36.544/2016);
– Paraná (norma de procedimento fiscal número 123/2017);
– Pernambuco (Decreto 44.650/2017);
– Rio Grande do Sul (decreto 53.220/2016);
– Rio de Janeiro (resolução 935/2015), e
– São Paulo (Portaria CAT 102/2013).

Se seu estado não aparece nesta lista, não deixe de acompanhar a SEFAZ estadual para se manter informado sobre o assunto. A lista de estados que exigem MDFe em operações internas continuará aumentando e todos os contribuintes precisarão se adequar.

 

Quem precisa emitir o MDFe intermunicipal?

A obrigatoriedade da emissão do MDFe, seja interestadual ou intermunicipal, se dá ao contribuinte emitente de CT-e e ao contribuinte emitente de NF-e no transporte de bens ou mercadorias realizado em veículos próprios ou arrendados, ou mediante contratação de transportador autônomo de cargas.

 

Como emitir o MDFe intermunicipal?

O processo de emissão do MDFe para uso intermunicipal é semelhante ao do MDFe interestadual, que já era feito. Para o transporte intermunicipal, a UF de início e a de destino será a mesma. Os demais campos do Manifesto permanecem com preenchimento semelhante à versão interestadual.

Se você deseja emitir seus Manifestos 100% adequados à legislação, experimente o Hive.cloud MDFe. Desenvolvido em plataforma digital, nosso sistema pode ser acessado a qualquer hora e em qualquer lugar. São apenas 4 passos simples para garantir seu Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais sem erros! Clique aqui para experimentar nossa plataforma gratuitamente!

Caso continue com dúvidas sobre como emitir seu MDFe intermunicipal, deixe seu comentário mais abaixo!

Debora Trindade - Equipe Hive.cloud
4 Comentários
  • taluana
    Responder
    Posted at 10:45, 9 de outubro de 2018

    bom dia
    quando um destino outro estado, devolve toda a mercadoria. não preciso emitir outro ct-e pois tem a recusa. o mdfe pode ser o mesmo

  • Vanessa Pelegrini
    Responder
    Posted at 12:56, 23 de outubro de 2018

    Bom dia

    Gostaria de saber quanto tempo podemos experimentar gratuitamente a plataforma de emissão de MDF-e ?

    Obrigada

Deixe um comentário

Comentário
Nome
Email
Website