E-commerceGestão de Transporte

Gestão de frete no e-commerce: aprenda como fazer!

6 minutos de leitura
Gestão de frete no e-commerce: aprenda como fazer!
Hivecloud
Escrito por:
Atualizado em 9 de dezembro de 2021

Índice

    Você tem o controle sobre a experiência do seu cliente. É você que define os anúncios, as imagens e faz os ajustes necessários no seu e-commerce. No entanto, uma vez que o seu produto deixa suas mãos para ser enviado para o seu cliente, você está entregando sua marca às mãos de um estranho. Já parou para pensar nisso? É por isso que a gestão de frete no e-commerce pode ser o pesadelo de qualquer gestor. Dependendo de como for feita, ela pode alavancar ou quebrar uma loja virtual de várias maneiras. Basta um cálculo ou escolha do parceiro de envio incorreto e seus clientes terão uma experiência ruim.

    Contudo, a boa notícia é que é possível otimizar a gestão de frete e melhorar a satisfação do cliente sem sofrimento! Continue lendo conosco e aprenda como!

    Afinal, qual a importância do frete no e-commerce?

    Muitos novos empresários de comércio eletrônico não pensam muito no envio de seus produtos, ou, legitimamente, não entendam o mundo confuso e complexo do frete no e-commerce.

    À medida que o comércio eletrônico cresce, também crescem as expectativas dos clientes comprando online. Hoje, eles não só querem pagar menos pelo envio, como querem ter uma experiência de compra excepcional.

    Isso inclui o cálculo automático do valor do frete antes de finalizar a compra, a embalagem, a oferta de mais de uma opção e, claro, a entrega dentro do prazo.

    Para reduzir o abandono do carrinho e evitar clientes insatisfeitos, é preciso revisar continuamente sua gestão de frete no e-commerce e acelerar os processos de atendimento e entrega, enquanto mantêm os preços competitivos.

    É um equilíbrio que parece difícil de encontrar, mas que se torna mais viável quando você identifica as ferramentas de gestão corretas.

    Como acontece o envio nas lojas virtuais?

    Os donos de e-commerce geralmente possuem duas opções de envio principais. A primeira, e mais utilizada, é o envio pelos Correios.

    Nesse caso, além do próprio custo da postagem, é preciso considerar os de deslocamento até a agência mais próxima, já que os Correios só oferecem o serviço de busca de encomenda em casos de volumes maiores. Dessa forma, você precisa considerar a sua demanda de envios diários e verificar a viabilidade.

    Ao optar por uma transportadora, segundo opção para o frete no e-commerce, você pode garantir o recolhimento dos produtos na sua empresa a preços mais competitivos — uma vez que você poderá fechar um contrato de envio com a própria transportadora, depois de uma pesquisa de mercado.

    Considerações cruciais sobre a gestão de frete no e-commerce

    Das centenas de pesquisas e estudos publicados anualmente sobre o comércio online, uma coisa é clara: oferecer as taxas e opções de envio certas para seus clientes é crucial para o seu sucesso como revendedor.

    Conseguir acertar na gestão de e-commerce pode fazer a diferença entre perder um cliente se você cobra muito caro e perder sua receita se você cobrar muito pouco.

    E não é apenas o custo que faz a diferença. Oferecer as opções de envio direto aos seus clientes nos momentos certos desempenha um papel crítico na redução do abandono do carrinho e aumento da receita.

    O controle total do envio da sua loja online significa que você pode oferecer as tarifas de frete mais baixas possíveis, cobrir seus custos e ainda oferecer as opções que seus clientes desejam.

    Os fatores mais importantes a serem considerados ao tomar controle de seu transporte podem ser divididos em 3 áreas, sendo:

    • Tamanho e peso do produto: qual a diferença de tamanho e peso das suas embalagens menores e leves para aquelas maiores e mais pesadas?
    • Destinos de envio: para onde você está enviando? Quanto mais longe estiver, mais caro será o envio;
    • Opções de envio: quais são os melhores serviços de transporte ou operadoras para suas necessidades exclusivas?

    É possível automatizar todo esse processo?

    O cálculo do frete vai depender muito da transportadora escolhida e dos três fatores que listamos acima. Cada transportadora terá uma tabela de preços diferente considerando o tamanho, destino e opções de envio (por exemplo, PAC ou SEDEX, no caso dos Correios).

    Mas como, então, o gestor de e-commerce pode definir as melhores opções para oferecer na sua loja virtual? Por meio da automatização dos processos. Existem softwares no mercado onde é possível fazer o cadastro das variantes que compõem a taxa de frete, o que facilita a gestão e evita possíveis erros. Além disso, você também conta com mais opções de serviço de transporte para contratar e não precisa ficar preso a uma única transportadora ou aos correios. 

    Que ferramentas podem ajudar a calcular o frete do e-commerce?

    Como vimos, são vários os fatores que influenciam no custo do frete para o cliente. Além de conseguir comparar as diferentes opções de envio de cada transportadora, você deve ser capaz de visualizar facilmente os custos de deslocamento (quando não houver recolhimento no local), os custos de embalagem e, claro, o valor de postagem para cada CEP, peso e opção de envio.

    Tudo isso só se torna possível com o uso de um software para gestão de frete no e-commerce. Há uma série de benefícios associados ao uso dessa tecnologia. O software de gestão de transporte é benéfico tanto para o e-commerce como para o cliente.

    Em primeiro lugar, ele permite tempos de envio mais rápidos. Os clientes recebem suas mercadorias mais rapidamente, enquanto as empresas têm menos trabalho e reclamações, uma vez que é possível encontrar todas as informações necessárias para contratar o serviço de frete ideal para cada um dos seus serviços.

    Em segundo, há apenas uma tela para gerenciar, independentemente do serviço de frete que você está usando. Isso alivia a maior parte do tempo que normalmente seria necessário para preparar seus pacotes para envio e para calcular frete.

    A tecnologia está cada vez mais presente na gestão de frete do e-commerce

    Além disso, particularmente para negócios de comércio eletrônico, um sistema de gerenciamento de frete pode melhorar a forma como você administra o seu inventário porque os dados de envio que ele cumpre podem dizer-lhe muito sobre o seu estoque e ajudar a antecipar as necessidades de para o futuro.

    É por isso que o uso de tecnologia para automatizar a gestão de frete no e-commerce tem se tornado cada vez mais comum. Ela auxilia na redução dos erros de precificação (que podem levar à perda de pedidos) e permite à loja virtual aumentar a satisfação do cliente, ponto básico para vender mais.

    Gostou do nosso conteúdo sobre gestão de frete no e-commerce? Acompanhe a gente no Facebook e Linkedin e fique por dentro de dicas e orientações para otimizar o seu negócio!