Gestão de Transporte

O que o embarcador busca ao terceirizar o transporte de cargas?

3 minutos de leitura
O que o embarcador busca ao terceirizar o transporte de cargas?
Hivecloud
Escrito por:
Atualizado em 10 de dezembro de 2021

Índice

    Toda empresa busca seu espaço no mercado e para isto, é preciso criar estratégias eficientes em cada setor para evitar perdas, reduzir custos e otimizar processos. Um dos setores que tem ganhado cada vez mais destaque para a competitividade das empresas é o de logística, logo, muitos empresários têm optado por estratégias com melhores custos-benefícios para a companhia e para os clientes.

    Exemplo disso é a terceirização do transporte de cargas, que a cada ano torna-se mais comum no país.

    Mas afinal, o que o embarcador busca ao terceirizar o transporte de suas cargas? Acompanhe os detalhes a seguir:

    A terceirização logística

    Terceirizar significa demandar uma atividade para outra pessoa ou empresa, e dentro do segmento logístico é justamente esta a ação ocorrida quando as empresas optam por repassar suas atividades de logística a terceiros.

    No Brasil, a terceirização logística já é uma realidade, porém se comparada a países Europeus e Norte-americanos, é possível destacar que ainda temos muito que desenvolver neste setor. A prova disso, está no alto nível de insatisfação dos embarcadores devido a falta de indicadores de desempenho, incapacidade de implantar projetos de melhoria contínua, problemas na comunicação, falta de cumprimento de prazos, entre outros fatores.Como resposta a este cenário, observa-se que grande parte dos embarcadores opta por trocar seus operadores logísticos ao longo do tempo. Mas afinal, o que realmente se busca ao terceirizar o transporte de cargas?

    O que embarcadores buscam ao terceirizar o transporte de cargas?

    Segundo pesquisas realizadas pela Tigerlog/Guepardo Logística, estima-se que além da busca pela redução dos custos logísticos (representado por 78,7%), os embarcadores também priorizam os seguintes fatores:

    • Experiência/atuação no segmento: 65,7%
    • Histórico de desempenho: 52,1%
    • Uso de ferramentas tecnológicas: 34,3%
    • Qualidade do pessoal: 32,0%

    Como se observa, a alta dos custos logísticos no faturamento das empresas é um dos grandes motivos que faz com que muitas delas busquem a redução de custos neste setor e com isso, acabem optando pela terceirização.

    De qualquer modo, a economia de capital é somente um dos fatores buscados, já que muitos embarcadores preferem optar pela terceirização do transporte de cargas, por exigirem que as empresas de transporte supram suas necessidades com suas experiências de mercado, além do uso de ferramentas automatizadas e atuação de profissionais qualificados.

    A necessidade dos embarcadores

    Diversas são as razões pelas quais as empresas buscam terceirizar o transporte de cargas e demais processos logísticos, tendo os motivos variados de acordo com o segmento e política de cada empresa. Porém, é possível destacar os principais, que são:

    • Manter foco nos negócios;
    • Melhorar processos logísticos;
    • Reduzir investimentos em ativos fixos de logística;
    • Ter maior controle da logística;
    • Expansão de mercado;
    • Redução de custos.

    Com base nestas necessidades, aliadas às expectativas dos embarcadores, torna-se mais claro saber identificar os pontos que cada transportador precisa ajustar para atender melhor seus clientes e aumentar o nível de satisfação dos serviços prestados.

    A necessidade de avanço em seus segmentos fez com que embarcadores percebessem o nível de importância que o setor de logística tem sobre os seus negócios e passassem a optar pela terceirização como forma de diminuir custos, otimizar processos e manter o foco em seus mercados.

    Com este novo posicionamento, é fato que novas oportunidades de terceirização tendem a surgir, porém existe uma pressão pela alta qualidade dos serviços prestados que devem ter como base o uso de ferramentas tecnológicas, pessoal qualificado, busca por melhor informação, entre outros fatores.

    Pelo lado das transportadoras, destaca-se que estas precisam reavaliar os seus posicionamentos estratégicos, de modo a estarem preparadas não só para promover preços atrativos a seus embarcadores, mas também para proporcionar uma gestão eficaz do setor com total controle dos processos de armazém, transporte e entrega de mercadorias.

    E você, já está preparado para terceirizar o setor logístico de seus embarcadores? Deixe seu comentário abaixo!