Gestão de Transporte

Caminhão 3/4 ou VUC: o que é, principais modelos e benefícios?

5 minutos de leitura
Caminhão 3/4 ou VUC: o que é, principais modelos e benefícios?
Daniel Brasil
Escrito por:
Atualizado em 1 de julho de 2022

Índice

    Você sabia que o transporte de cargas no Brasil é realizado, majoritariamente, por caminhões? Pois é!

    O modal terrestre é a principal maneira de realizar o deslocamento das mercadorias pelo território nacional, e é por isso que saber quais são os modelos de caminhões disponíveis no mercado é tão importante.

    Afinal, cada tipo de carga possui a sua especificidade: algumas são frágeis, outras precisam de refrigeração e assim sucessivamente. 

    Nesse sentido, o modelo caminhão 3/4 ou VUC (que significa Veículo Urbano de Carga), se enquadra entre um dos principais para a realização desse tipo de serviço.

    Para que você conheça melhor o que é esse tipo de caminhão, para quais cargas é indicado e suas principais vantagens, preparamos esse artigo. Nele, você vai tirar todas as suas dúvidas e entender se realmente vale a pena investir no caminhão 3/4.

    Por isso, continue lendo até o final. 

    Vamos lá? 

    O que é Caminhão 3/4 ou VUC? 

    O caminhão 3/4 ou VUC é um modelo de veículo indicado para transportes que são realizados em grandes centros urbanos, com capacidade para aguentar até 3 toneladas, e por determinação do DENATRAN deve ter 2 eixos simples.

    Assim como outros veículos de pequeno porte, o VUC é regulamentado pelo Registro Nacional de Transporte Rodoviário de Cargas.

    Além das especificidades já mencionadas anteriormente, ele deve ter largura máxima de 2,2mt e comprimento máximo: 6,3mt.

    Quais são os principais modelos?

    Existem diversos modelos de caminhão VUC disponíveis, entre eles:

    • Caminhão Toco;
    • Caminhão Truck;
    • Tipo Bitruck;
    • Carreta;
    • Cavalo Mecânico;
    • Cavalo Mecânico Trucado;
    • Bitrem;
    • Rodotrem.

    Caminhão Toco 

    O caminhão toco ou caminhão semipesado é indicado para transportes que são realizados em grandes centros urbanos, assim como o 3/4, e tem capacidade para aguentar até 6 toneladas. Em geral, o veículo possui dois eixos e tração traseira.

    Caminhão Truck

    O caminhão truck, caminhão trucado ou caminhão 6/2 consegue transportar até 14 toneladas, muito mais carga do que os caminhões toco ou 3/4 suportam, e possui 3 eixos.

    Caminhão Bitruck

    Com isso, o caminhão bitruck, diferente dos demais, é o que aguenta mais toneladas de carga: 22. Ao todo, com o peso bruto, esse número chega a 29. Tem 4 eixos, onde os frontais são direcionais (se movimentam quando o volante é acionado) e pode ter tração em duas ou nas quatro rodas traseiras.

    Carreta

    A carreta é dividida entre o motor e a cabine do motorista, chamada de cavalo, e a parte da carga, conhecida como carroceria.

    Dessa forma, quando a carroceria tem 2 eixos, a carreta suporta até 33 toneladas. Já com 3 eixos, esse peso sobe para 41,5. Entre todos os que mencionamos, a carreta é o modelo mais utilizado para transportar mercadorias. 

    Cavalo Mecânico

    O cavalo mecânico tem um peso que varia de acordo com o semirreboque que vai ser utilizado, tendo 2 eixos (um deles tracionado) e sendo também considerado extrapesado.

    Cavalo Mecânico Trucado

    Diferente do cavalo mecânico, o trucado tem o eixo traseiro duplo e pesa menos no asfalto do que o primeiro. No entanto, o peso que suporta também varia de acordo com o semirreboque utilizado.

    Bitrem

    É uma combinação do cavalo mecânico trucado com dois semirreboques, possuindo entre 7 e 9 eixos. O bitrem aguenta até 57 toneladas, ou seja, bastante carga pode ser deslocada com ele. Além disso, possui duas articulações e mede no máximo 30 metros.

    Rodotrem

    Tem a mesma composição do bitrem (cavalo mecânico trucado e dois semirreboques), mas possui 9 eixos, capacidade de até 74 toneladas e 3 articulações, embora também possua comprimento máximo de 30 metros.

    Carrocerias mais comuns do caminhão 3/4 ou VUC

    No que diz respeito às carrocerias dos caminhões 3/4 ou VUC, as três principais que podemos destacar são:

    • Caminhão Baú;
    • Plataforma;
    • Grade baixa.

    Caminhão Baú

    Carroceria Baú
    Carroceria Baú. Fonte: Sergomel.

    O caminhão baú é o modelo mais comum de carroceria e pode transportar itens como caixas, sacas ou fardos, incluindo cargas secas de todos os tipos. Isto porque ele é fechado e, dessa forma, acaba protegendo mais as mercadorias.

    Vale ressaltar que existe a versão climatizada do caminhão baú, podendo ser frigorífico ou refrigerado.

    O caminhão baú frigorífico tem entre -15º e -20º para transportar alimentos congelados, enquanto a temperatura do refrigerado tem média de  0º e 10º.

    Plataforma

    Carroceria Plataforma
    Carroceria Plataforma. Fonte: Help Car Plataformas

    A plataforma, ou caminhão guincho, como também é conhecida, é um modelo aberto que não possui teto ou paredes e serve para colocar objetos em cima dele. Esse caminhão é muito útil para transportar outros veículos.

    Grade baixa

    Caminhão com carroceria grade baixa
    Caminhão com carroceria grade baixa. Fonte: Carrocerias Conquista

    O modelo de carroceria grade baixa, como o nome sugere, tem uma grade que envolve toda a parte que transporta carga no caminhão, mas sem teto ou parede.

    A grade baixa acaba sendo muito prática para realizar carga e descarga de mercadorias como chapas, barras de aço ou engradados.

    Quais são as vantagens e desvantagens dos caminhões 3/4?

    Uma das principais vantagens de optar por um caminhão 3/4 ou VUC é que o modelo, em comparação a outros tipos, é bem mais compacto.

    Nos grandes centros urbanos esse é um trunfo, já que o veículo tem facilidade no trânsito, porque faz curva muito rápido, e consegue desempenhar bem mesmo diante de outros desafios das metrópoles, como ruas estreitas e esburacadas.

    Como é muito leve em comparação aos outros, também é ideal para as cidades porque causa menos estragos nas pistas. Outros pontos positivos é ser pouco poluente por ter um mecanismo limitador de emissão de gases, consumir menos gasolina e ter muito torque. Ou seja, tem capacidade de força no motor, o que dá mais agilidade para a circulação nas avenidas.

    No quesito desvantagens, alguns problemas que o caminhão VUC apresenta está relacionado a baixa quantidade de carga que consegue transportar, por ter um comprimento reduzido, e não conseguir atingir altas velocidades (o que não é uma questão em espaços urbanos, já que não há como ser extremamente veloz por causa dos veículos que também circulam nos mesmos espaços que os caminhões).

    Sistema de gestão de frotas para ajudar no dia a dia

    Investir no caminhão adequado para o tipo de serviço que a sua empresa oferece é tão essencial quanto saber gerenciar a frota!

    Isso porque otimizando a operação, a sua empresa vai conseguir alcançar resultados melhores e fornecer um serviço de qualidade para o cliente final.

    Logo, se você quer saber como controlar os gastos e a manutenção dos seus veículos, é preciso ter um sistema completo e online de gestão de frota.

    Nele você elabora o plano de manutenção preventiva e corretiva dos seus veículos, usa nosso checklist diário e mais: acompanha e gerencia os processos da oficina interna e externa. Portanto, vale a pena conhecer essa ferramenta.

    Esse artigo te ajudou? Continue nos acompanhando para saber mais sobre o tema!