Gestão de TransporteTransportadora

O que é Ad Valorem e como calcular facilmente

5 minutos de leitura
O que é Ad Valorem e como calcular facilmente
Daniel Brasil
Escrito por:
Atualizado em 9 de agosto de 2022

Índice

    No processo de negociação com o cliente, o Ad Valorem é uma das principais taxas cobradas pelas transportadoras na hora de passar sua tabela de frete.

    E apesar de estar implementado há um bom tempo no mercado transporte de cargas, esse imposto ainda causa confusão na cabeça de muitos transportadores.

    Isso porque além de não ser do conhecimento de todos o significado desse termo, existe uma dificuldade para aplicar facilmente o seu cálculo no dia a dia das atividades.

    Por isso, explicaremos neste artigo tudo o que você precisa saber sobre o Ad Valorem: o que é, para que serve, em quais situações ele é obrigatório e como você pode calcular da forma certa e sem erros.

    O que é Ad Valorem (Frete Valor)?

    O Ad Valorem, ou Frete Valor, significa o valor cobrado em cima de uma mercadoria com o intuito de pagar o seguro da carga durante o tempo em que ela estiver sob responsabilidade da transportadora.

    Essa taxa é um percentual da Nota Fiscal da mercadoria que será transportada e é inserida no custo de frete que será cobrado ao cliente.

    Para compor o Ad Valorem, são consideradas algumas medidas de segurança específicas para que a carga seja transportada. São elas:

    seguro obrigatório do RCTR-C, que é a Responsabilidade Civil sobre o Transporte Rodoviário de Cargas, o qual é contratado pela transportadora;
    – materiais de proteção da carga, como cantoneiras e demais protetores;
    – profissionais especializados e responsáveis pela segurança da carga;
    – equipe de administração e controle responsáveis pelos documentos de segurança.

    Quando aplicar a taxa Ad Valorem?

    O Frete Valor é uma taxa obrigatória nos casos em que o contratante do serviço de transporte não possui seguro das suas mercadorias, ou ainda quando sua apólice não cobre o período em que a carga está com o transportador.

    Por esse motivo, é ideal que a transportadora contrate uma seguradora para as mercadorias transportadas e repasse o valor ao cliente através da taxa Ad Valorem.

    Se a transportadora e a carga não possuírem um seguro que acoberte danos ou furtos de mercadoria, a empresa pode rapidamente se endividar com o pagamento de indenizações aos clientes.

    Pois, imagine que você está transportando uma carga com valor declarado de R$1.500,00 e o frete custa 6% desse valor.

    Você vai receber R$90,00 pelo frete e, caso o lucro operacional esteja na margem dos 10%, vai lucrar R$9,00 pelo transporte da mercadoria.

    Como a indenização do valor da mercadoria, em caso de danos materiais, é retirada do lucro, seria preciso realizar mais de 160 fretes para cobrir uma única indenização!

    Consegue agora perceber como é importante se preocupar com um bom seguro para as mercadorias transportadas? A falta de uma seguradora pode comprometer diretamente sua venda de fretes.

    Como calcular a taxa Ad Valorem?

    Como já foi mencionado, o imposto do Ad Valorem é cobrado a partir do valor dos produtos da Nota Fiscal, o qual é multiplicado pelo percentual definido na tabela de frete da transportadora.

    O resultado disso é somado ao custo de frete estabelecido pela transportadora e às demais taxas que são aplicadas.

    Contudo, é importante entender que a porcentagem do Ad Valorem depende de alguns aspectos que podem fazer essa taxa aumentar ou diminuir. Vamos entender melhor que condições são essas.

    1. Distância do percurso – quanto maior for a distância do transporte, maior será a chance de algum problema acontecer na estrada e isso impacta no aumento da taxa;

    2. Dimensões e peso da carga – cargas menores e mais leves são mais fáceis de serem roubadas, por isso valor do Ad Valorem também está relacionado a esse ponto;

    3. Características da região – existem algumas estradas no Brasil que apresentam mais risco de acidentes e também de roubos, logo, essas localidades são fatores de elevação da taxa;

    4. Fragilidade da mercadoria – cargas frágeis necessitam de um cuidado especial durante o seu manuseio, o que também impacta no Frete Valor.

    Em 2014, a Associação Nacional do Transporte de Cargas e Logística (NTC) sugeriu os valores dessa porcentagem considerando a distância percorrida. Confira abaixo.

    Distância (km)Alíquota (%)
    1 a 2500,30%
    251 a 5000,40%
    501 a 1.0000,60%
    1.001 a 1.5000,70%
    1.501 a 2.0000,80%
    2.001 a 2.6000,90%
    2.601 a 3.0001,00%
    3.001 a 3.4001,10%
    Acima de 3.4001,20%
    Coleta e entrega0,15%

    Veja um exemplo prático de como seria o cálculo com base na tabela da NTC.

    Valor total da mercadoria: R$10.500,00
    Distância percorrida: 200km
    Ad Valorem: 0,3%
    R$10.500,00 X 0,3% = R$31,50

    Qual a diferença entre Ad Valorem e GRIS?

    Semelhante ao Ad Valorem, a taxa do GRIS (Gerenciamento de Riscos) também é aplicada pelas transportadoras e seu percentual também é calculado a partir da Nota Fiscal.

    Porém, é uma taxa mais ampla em relação ao Frete Valor e cobre despesas relacionadas à segurança do transporte, como o rastreamento de veículos, medidas para combater o roubo das mercadorias e etc.

    Como calcular fácil o Ad Valorem

    Considerando a dificuldade que pode ser para muitos transportadores calcular o Ad Valorem para cada entrega, separamos para você 3 formas de fazer essa atividade de uma forma mais prática.

    1. Estabelecer taxa única de Ad Valorem

    A primeira dica que você pode fazer é analisar as taxas já cobradas anteriormente e fazer uma média para cobrar um único percentual para qualquer operação.

    Ou se preferir, estabelecer uma média para cada tipo de carga que você transporta. Assim pode ficar mais prático de você aplicar a taxa no dia a dia da sua rotina de operações.

    2. Utilizar sistema de gerenciamento de transporte (TMS)

    A segunda dica é calcular o Frete Valor a partir da solução TMS. Nesse sistema de gestão para transportadoras, é possível calcular a taxa por meio de variáveis previamente definidas no TMS. 

    Com o software, todos os dados da sua transportadora e dos seus clientes ficam salvos após o primeiro cadastro, o que facilita na definição do valor e acelera essa atividade.

    O sistema também gera uma proposta de frete para você apresentar seu orçamento de forma totalmente profissional aos seus clientes.

    Além de tudo isso, o sistema emite documentos de transporte como CTe e MDFe, gera o CIOT por meio de uma instituição de PEF integrada e realiza a averbação de carga rapidamente.

    >> Saiba mais: Guia Completo do Sistema TMS

    modelo de orçamento com ad valorem
    Esse é um modelo de orçamento que o sistema TMS cria facilmente para a transportadora enviar aos seus clientes.

    3. Baixar tabela de frete gratuita

    Por fim, você pode baixar gratuitamente nosso modelo de tabela de frete! Através dela, você vai conseguir entregar rapidamente o valor de frete para seus clientes através de cálculos que a planilha realiza por você.

    Ao baixar a tabela, você vai conseguir:

    – definir seus preços de frete facilmente e sem erros;
    – Conquistar novos clientes com uma tabela de fretes funcional e apresentável;
    – calcular o valor de frete rapidamente a partir do Ad Valorem já cadastrado, assim como as taxas de ICMS e GRIS.

    Baixe agora e melhore a negociação de frete com seus clientes!