Logística

O que é logística?

5 minutos de leitura
O que é logística?
Daniel Brasil
Escrito por:
Atualizado em 8 de dezembro de 2021

Índice

    A logística é uma das atividades mais importantes ao redor do mundo e aqui no Brasil esse cenário não é diferente. Dia após dia, o setor movimenta uma série de processos que influenciam diretamente na economia do país, uma vez que, até um produto chegar às mãos do cliente final, existe um ciclo pelo qual ele passa, incluindo sua coleta e distribuição.

    É por esse motivo que você precisa entender o que é logística e quais são os seus conceitos. Neste artigo, vamos tratar exatamente desse tema.

    O que é logística e qual é o seu principal objetivo?

    Logística é o processo de movimentação, armazenagem e transporte de mercadorias, que acontece desde o ponto de origem do produto até o ponto de consumo final. 

    Isso significa dizer que, quando qualquer objeto percorre esse trajeto entre um local e outro, existe uma atividade logística acontecendo. Isso pode ser feito de diversas maneiras, inclusive existem empresas especializadas em prestar esse tipo de serviço para grandes varejistas e fabricantes.

    O conceito logístico surgiu nos tempos de guerra, quando surgiu a necessidade de começar a movimentar as tropas, armazenando e também distribuindo os suprimentos que eles recebiam.

    Ao longo do tempo, o cenário mudou bastante. Com as mudanças que estão acontecendo rapidamente no hábito de consumo das pessoas, a logística tem se mostrado cada vez mais importante no comércio omnichannel. Foram essas transformações comportamentais que forçaram o setor a se reinventar, buscando maneiras de otimizar ainda mais as etapas que fazem parte dessa atividade.

    Assim, uma dos principais objetivos da logística é garantir a entrega de mercadorias em geral com muito mais qualidade, no tempo certo e com o menor custo possível. Dessa forma, a satisfação do cliente está diretamente relacionada a essa atividade.

    Como a logística funciona?

    As principais atividades logísticas são a armazenagem e o transporte de objetos, que podem acontecer por meio de diferentes modais, como: rodoviário, aéreo, ferroviário, aquaviário e dutoviário.

    Confira abaixo como funciona cada etapa do processo logístico. 

    Armazenagem

    A armazenagem é a etapa onde se guarda, protege e conserva corretamente as mercadorias até o momento do transporte. Ou seja, esse serviço é essencial porque garante que não vai acontecer desperdício de produtos, pois dificilmente eles serão danificados, e isso ajuda a ter um aproveitamento melhor dos recursos da empresa.

    Outra característica da armazenagem é que nela podemos regular o fluxo de produtos, gerenciando todos os produtos que a empresa movimenta. Entre as principais atividades desse processo em específico, estão:

    • Gestão de estoque;
    • Gestão de atendimento de pedidos;
    • Gerenciamento de infraestrutura;
    • Gerenciamento dos processos de depósito.

    Cada mercadoria exige um tipo específico de armazenagem, para garantir que ele vai ficar totalmente conservado e seguro. Sendo assim, este processo é vital para a logística.

    Transporte

    O transporte é a etapa operacional da logística que movimenta mercadorias de um ponto ao outro, sem que aconteça qualquer tipo de comprometimento com a carga e também com o destinatário.

    É onde acontece o planejamento, a execução e a otimização do uso de diferentes tipos de veículos para fazer a movimentação das cargas.

    Entre as atividades mais comuns nesse sentido, podemos destacar:

    •  Otimização de rotas e cargas de remessa;
    •  Gerenciamento de pedidos;
    • Auditoria de frete e pagamento.

    Para ter clareza sobre como operacionalizar essas tarefas, muitas empresas optam por utilizar softwares de gerenciamento de transportes, pois eles contribuem para integrar e automatizar uma série de tarefas que, antes, tinham que ser realizadas por pessoas.

    Importante mencionar também que logística de transporte exerce um papel importante para o crescimento e a reputação da empresa, afinal, é impossível chegar a ser líder de mercado se não há uma entrega de excelência, pois os consumidores já não aceitam entregas fora do prazo esperado. As reclamações seriam constantes!

    Por esse motivo, é essencial fazer uma boa logística de transportes.

    Quais são os tipos?

    Existem diferentes tipos de logística, entre elas estão a reversa, integrada e industrial. Mas, você sabe qual é a diferença entre cada uma?

    É isto que vamos abordar agora!

    Logística Reversa

    A logística reversa engloba todas as ações que são realizadas para retornar os resíduos sólidos de uma produção industrial, tanto no que diz respeito ao reaproveitamento deles, quanto para outra destinação final que seja ambientalmente adequada.

    Logo, ela funciona no sentido inverso das atividades logísticas que conhecemos, e esse retorno pode acontecer em qualquer uma das etapas de distribuição do produto, seja após a venda, consumo ou distribuição dele.

    Logística Integrada

    A logística integrada tem como base a interatividade entre todos os processos relacionados ao setor logístico. Com isso, a cadeia de suprimentos inteira é levada em consideração.

    Nesse sentido, estamos falando desde os processos internos de gestão de fornecedores, passando pelo abastecimento do setor de produção, o transporte, o controle dos materiais, até o relacionamento com os clientes.

    Logística Industrial

    A logística industrial faz a gestão dos suprimentos e do estoque de uma empresa, sendo uma área indispensável para o crescimento do negócio. Portanto, ela gerencia estrategicamente tanto a parte de aquisição de insumos, armazenamento e movimentação dos produtos em fase de fabricação, quanto a maneira como ele será distribuído.

    O que é a terceirização na área de logística?

    Apesar de existirem grandes varejistas e fabricantes que possuem o próprio setor logístico, muitas organizações ainda optam pela terceirização da área.

    Para isso, elas contam com o auxílio de outras empresas especializadas na prestação desse tipo de serviço que, como você já percebeu, é essencial para garantir a reputação do seu negócio. 

    Existe uma série de benefícios em terceirizar o setor logístico, entre eles estão a redução dos custos, maior qualidade em outras operações da empresa, garantia de alta eficiência nas entregas e no transporte de cargas, além de outros.

    No entanto, se o seu objetivo é terceirizar a área logística, é preciso compreender como realizar as contratações de forma correta para não ter prejuízos, otimizando o serviço das transportadoras.

    Para ajudá-lo, a Hivecloud criou o guia da terceirização logística que vai mostrar como é possível baratear o custo do frete e, ao mesmo tempo, promover mais qualidade na entrega.

    Este artigo te ajudou? Continue nos acompanhando no blog para ficar por dentro de mais temas relacionados à logística!