Gestão de Transporte

Você acompanha corretamente a performance da sua transportadora?

2 minutos de leitura
Você acompanha corretamente a performance da sua transportadora?
Hivecloud
Escrito por:
Atualizado em 10 de dezembro de 2021

Índice

    Você está acompanhando os índices de performance de sua transportadora? Sabe exatamente onde estão as falhas e como corrigi-las? Conhece todos os erros dos seus processos? Não? Então a probabilidade de você estar perdendo dinheiro é grande!

    Mas, por que os indicadores de performance são tão importantes para uma transportadora?

    Todo gestor de qualquer segmento deve sempre estar atento aos indicadores de performance de sua empresa, pois eles mostrarão como andam os processos operacionais do negócio. E a partir desses resultados, buscar soluções para as etapas que não estão cumprindo plenamente seu papel, analisando os resultados.

    Entretanto, antes da análise dos resultados, e voltando para o começo do processo: é necessário que se estabeleçam quais serão os indicadores de performance – também conhecidos como KPIs (Key Performance Indicators)que a empresa irá utilizar para medir a qualidade e eficiência de suas operações.

    Cada empresa deve escolher os seus indicadores a partir do segmento que atuam. No caso do transporte de cargas, existem indicadores como prazo médio do recebimento do frete, margem bruta, ociosidade dos ativos, etc. Tudo isso irá dar um retrato das operações da transportadora.

    Quais as consequências do não acompanhamento das KPIs para uma transportadora?

    Como já explicamos anteriormente, o acompanhamento dos indicadores de performance da transportadora são essenciais para que o gestor saiba aonde estão as falhas dos seus processos e poder corrigi-las antes que tornem-se problemas mais graves.  Isso porque, a partir dos dados coletados pelo relatório gerado a partir do programa de gestão da transportadora, serão apresentadas estatísticas sobre cada processo realizado pela empresa, desde as coletas até as entregas.

    Negligenciar esses dados é um erro gravíssimo, pois o monitoramento da performance da transportadora, mostrarão como estão funcionando as operações. O desconhecimento dos índices de performance acarretam na repetição das falhas. Por exemplo, um indicador importante a ser observado, é o nível de ociosidade dos ativos. Eles mostrarão ao gestor de uma empresa de modal rodoviário, se os caminhões estão saindo para entrega das mercadorias aos clientes finais muito vazios, ou seja, a ociosidade demonstrará a capacidade total do veículo versus a capacidade utilizada pelo veículo em trânsito.

    Se a partir da análises de dados ficar constatado que o índice de ociosidade dos ativos é grande, isso quer dizer dentre outras coisas, que a transportadora está gastando mais para colocar caminhões na rua com pouco carregamento de mercadorias. Isso gera mais custos para a empresa transportadora, que poderiam ser evitados observando o grau de ociosidade dos caminhões.

    Por isso, um transportador que está atento aos processos que ocorrem em sua transportadora e monitora seus resultados, tem grandes chances de melhoria na performance de suas atividades logísticas, por ter uma visão globalizada de seus métodos de execução, garantindo a melhoria de seus resultados.

    Gerenciar uma transportadora pode ser um trabalho complicado devido à inúmeras especificações e regulamentações que acompanham qualquer operação no transporte de cargas. Para conhecer as melhores formas de realizar a gestão de sua empresa, baixe agora mesmo nosso ebook gratuito sobre “Como gerenciar uma transportadora de cargas” e saiba tudo que precisa!