DistribuidoraGestão de TransporteIndústria

7 dicas que vão otimizar o serviço de entrega terceirizado das suas mercadorias

6 minutos de leitura
7 dicas que vão otimizar o serviço de entrega terceirizado das suas mercadorias
Daniel Brasil
Escrito por:
Atualizado em 8 de agosto de 2022

Índice

    Melhorar o serviço de entrega sem aumentar os custos com transporte é uma batalha contínua para quem trabalha com logística. Afinal, apenas aqui no Brasil, essa área chega a representar 60% das despesas do setor inteiro. Com um índice tão alto, é natural que as empresas busquem métodos para otimizar a operação e transformar esse cenário em algo menos oneroso.

    Porém, com tantas possibilidades surgindo, será que você sabe definir quais deles realmente contribuem na melhora do serviço de entrega das suas mercadorias, sem que a qualidade da terceirização do frete seja comprometida e com a garantia de que seus clientes ficarão satisfeitos?

    O que as empresas têm feito para diminuir os custos de entrega

    De acordo com um levantamento realizado pela ILOS (Instituto de Logística e Supply Chain) com 100 grandes companhias nacionais embarcadoras de carga, as principais iniciativas dos gestores para diminuir os gastos com a área de transporte terceirizado são:

    • Realizar projetos internos de melhorias de produtividade;
    • Fazer a cotação com transportadores que tenham preços mais acessíveis;
    • Negociar redução do valor do frete com transportadoras parceiras.

    Acontece que, embora todos esses esforços sejam válidos e efetivos para reduzir os gastos, não necessariamente isso significa que o serviço será otimizado. Até porque, lembre-se: o objetivo principal é conseguir que as entregas fiquem ainda mais eficientes!

    Pensando nisso, montamos uma lista com as 7 principais dicas para melhorar o serviço de entrega realizado pela sua frota terceirizada. Para ler sobre elas, continue conosco até o final deste artigo. Temos certeza que ele vai ajudar você!

    1. Ofereça mais de um tipo de frete

    É muito importante você conhecer seu público e as suas necessidades quanto à cobrança de frete, visto que algumas empresas e consumidores priorizam o preço na hora da compra, mesmo cientes de que a mercadoria pode demorar para chegar.

    Por outro lado, há um público que dá preferência à agilidade da entrega, mesmo que precisem desembolsar um valor a mais por isso — seja pela necessidade de ter a mercadoria em mãos quanto antes ou por outros motivos.

    Dessa forma, quando estiver em processo de negociação com o cliente, lembre-se que oferecer mais de um tipo de frete para ele pode ser um meio de melhorar o serviço de entrega das suas mercadorias.

    Ou seja, aqui o importante é priorizar as opções que ofereçam tanto condições com frete econômico, quanto os fretes conhecidos como “same day”, que são aqueles mais rápidos. Esse diferencial vai ajudar a reter o consumidor porque vai atender à demanda de mais pessoas.

    2. Conte com mais de uma transportadora na base

    Realizar a cotação com mais de uma transportadora é essencial para otimizar a sua operação, pois vai te permitir entregar o melhor preço possível de frete para o cliente. E esse tópico pode parecer igual ao anterior, mas não é.

    Isso porque também existe o benefício de entender qual é a média de preço que o mercado está cobrando pelo serviço terceirizado de transporte. No entanto, fique atento! Existem alguns cuidados que a sua empresa precisa tomar antes de realizar a contratação.

    Seja criterioso e avalie bem os potenciais fornecedores. Uma entrega mal feita pode comprometer bastante o seu negócio, principalmente em um momento onde as pessoas estão cada vez mais exigentes no que diz respeito aos prazos estipulados para receberem as mercadorias. 

    3. Adote uma roteirização inteligente no planejamento de rotas

    O sistema de roteirização inteligente ajuda a definir qual é a melhor rota para a realização de uma viagem, o que contribui significativamente quando o assunto é o planejamento diário das operações de transporte e das entregas de mercadorias.

    Essa dica contribui para melhorar os serviços de entrega porque, entre os benefícios do roteirizador, estão:

    • Economizar tempo e dinheiro;
    • Atender ao horário de entrega;
    • Gerar mais satisfação para o cliente;
    • Aumentar a segurança da entrega;
    • Proporcionar mais produtividade;
    • Agilizar o redespacho e subcontratações.

    Com tantas vantagens assim, fica mais fácil entender os motivos que levam o roteirizador a ser uma excelente dica, não é mesmo?

    No caso das empresas que terceirizam o serviço de entrega e contam com um transportador autônomo agregado, o planejamento de rotas através do roteirizador pode ser aplicado, uma vez que esses fornecedores possuem vínculo exclusivo com o embarcador.

    Já na contratação de empresas transportadoras, são poucas as negociações em que essa terceirizada segue um planejamento dado pela embarcadora.

    4. Fortaleça a integração entre as áreas da empresa

    Uma boa comunicação estabelece alinhamentos claros e, com isso, os processos da empresa como um todo se tornam mais eficientes. É uma forma de garantir que todos estejam na mesma página, trilhando caminhos paralelos que vão levar ao mesmo lugar: a diminuição dos erros.

    Quando o setor logístico não está devidamente integrado a outras áreas da empresa, o cliente final pode ser prejudicado. Por exemplo: se o marketing impactar um consumidor com o anúncio de um produto que no site está em estoque, e ele realizar a compra, mas na hora de separar o pedido os gestores se derem conta de que aquele produto esgotou, você terá uma grande dor de cabeça.

    Uma forma de sanar esse problema é fazendo a integração entre os sistemas da empresa através de softwares de gestão. Eles permitem que os dados fluam automaticamente, diminuindo os gargalos, e que a comunicação entre as áreas seja facilitada.

    5. Otimize a logística reversa

    A qualidade do serviço de entrega também conta no que diz respeito à devolução de um produto, seja porque chegou com defeito ou porque o cliente solicitou uma troca. Estar atento a esse processo oposto e saber gerenciá-lo impacta na percepção do cliente.

    Portanto, otimizar a logística reversa é uma dica que você deve considerar quanto antes, especialmente para evitar potenciais transtornos. Lembre-se que um atendimento eficiente é indispensável em todas as etapas do serviço. 

    6. Monitore as entregas terceirizadas

    O monitoramento de cargas é, sem dúvida, um diferencial na gestão de fretes terceirizados. Isto porque acompanhar em tempo real o transporte da carga traz inúmeros benefícios ao gestor logístico, como: 

    • Redução de custos com o processo de terceirização do transporte; 
    • Escolha de melhores empresas para fazer a operação; 
    • Mais agilidade na gestão de fretes contratados;
    • Maior controle sobre a movimentação de cargas; 
    • Mais qualidade na entrega das mercadorias; 
    • Cliente mais satisfeito com o serviço de entrega.

    7. Invista em tecnologia para a gestão de frete

    Não há para onde fugir: você precisa, mais do que nunca, da transformação digital na logística para melhorar a qualidade do seu serviço de entrega.

    Fazer a gestão de frete com uso de solução específica para isso é uma estratégia que permite mais controle de como será realizada cada etapa da operação e melhora o desempenho logístico da empresa, além de auxiliar na cotação e solicitação de coleta com as transportadoras.

    Vale lembrar que o sistema de gestão de fretes nada mais é do que uma solução utilizada pelas empresas embarcadoras no gerenciamento de entregas realizadas pelas transportadoras contratadas, e faz parte do modelo logístico 3PL.

    Este artigo te ajudou? Esperamos que você tenha gostado das nossas dicas e coloque-as em prática o quanto antes!