Entenda como reduzir os custos no transporte de cargas | Hive.cloud

Entenda como reduzir os custos no transporte de cargas

O valor do produto/serviço que a empresa oferece é uma das vantagens competitivas mais importantes do mercado, muitas vezes sendo responsável pelo fechamento ou não de um contrato. Para compor um valor justo e competitivo e reduzir os custos de forma saudável, você deve conhecer bem os fatores que determinam os custos da sua empresa de transporte de cargas.,

Quais os principais custos do transporte rodoviário de cargas?

Para determinar o valor final do seu serviço, é preciso considerar os custos de coleta, entrega e transferência, que são divididos em custos fixos e variáveis.

Os custos fixos geralmente são calculados mensalmente e compreendem os custos que não variam conforme a distância percorrida dos veículos, como: salários, aluguel, reposição de equipamentos e veículos, etc.

Já os custos variáveis mudam de acordo com a quilometragem dos veículos, como: peças, combustível, pneus, etc. Também é preciso incluir outras despesas, como: despesas administrativas, custos relacionados ao valor e a gestão de riscos, acidentes, avarias da carga e outros.

> Conheça os principais custos do transporte rodoviário de cargas.

Como reduzir os custos de forma saudável?

Quando bem aplicada, a redução de custos pode aumentar ou recuperar a vantagem competitiva da empresa, sem causar danos a sua reputação, ou seja, mantendo a qualidade do serviço prestado. Vale ressaltar que a metodologia de redução de custos pode ser aplicada em qualquer setor da empresa e tende a aumentar a sua eficiência, visto que, o objetivo maior é reduzir e/ou eliminar quaisquer -não apenas financeiro- desperdícios.

Para que o processo ocorra conforme o esperado, é fundamental possuir uma boa ferramenta de gerenciamento. A empresa pode optar por adquirir/contratar um sistema específico, uma empresa especializada ou demandar profissionais próprios para realizar esse controle, utilizando planilhas e demais ferramentas. Independente da maneira escolhida, o primeiro passo é mapear todos os custos da empresa.

Com esses dados em mãos, você pode identificar facilmente as fraquezas e oportunidades do seu negócio, que podem ser utilizadas para reduzir os custos. A troca de um veículo obsoleto por um mais novo e eficiente, a redução do consumo de papéis e descartáveis na empresa e a busca de novas empresas prestadoras de serviços, por exemplo, são bons exemplos de fraquezas e oportunidades que podem ser utilizadas para reduzir os custos da sua empresa.

As planilhas de custos atualizadas e alimentadas frequentemente dão aos gestores um mapa da empresa, apontando custos que podem estar defasados.

Repassar ao cliente ou aumentar o lucro?

O primeiro pensamento de alguns gestores ao reduzir os custos da sua empresa é aumentar o seu lucro e não repassar a economia aos seus clientes. Num mercado competitivo como o de empresas de transporte de cargas, essa pode ser uma atitude perigosa. A longo prazo, é mais vantajoso para a sua empresa repassar a economia no valor do serviço e trabalhar no aumento da sua cartela de clientes, visando aumentar o lucro. Priorizar o lucro é uma atitude que pode diminuir a sua competitividade no mercado.

Você sabe fazer o cálculo correto do valor do transporte de cargas? Entender todas as tarifas que envolvem as operações de transporte deve ser o primeiro passo de todo gestor que busca otimizar as atividades de sua transportadora com eficiência. Assista nossa aula da série Intervalo Técnico sobre as tarifas para o cálculo do valor do transporte de cargas no Brasil e entenda de uma vez por todas agora mesmo!

É válido lembrar que a redução de custos não pode significar a queda da qualidade do seu serviço, caso contrário, a reputação da empresa poderá ser prejudicada e clientes podem ser perdidos. Quais medidas você toma para reduzir seus custos de forma saudável e eficiente? Compartilhe a sua experiência conosco!

Hive.Cloud
Sem Comentários

Deixe um comentário

Comentário
Nome
Email
Website